O Togo decidiu, no passado dia 23 de Junho, abolir a pena de morte após votação pela assembleia nacional.

O país torna-se, assim, o décimo quinto membro da União Africana a abolir a pena de morte e junta-se a mais 93 países que deixaram de aplicar esta forma de castigo bárbara. O Togo havia deixado de aplicar esta pena há mais de 30 anos. No entanto, e através desta decisão, os membros do parlamento contribuem positivamente para o reforço da tendência de abolição da pena de morte em África e no mundo.